Exposição

Marinilda Boulay na exposição “Congadas: cortejo de cores e devoção” ao lado de sua escultura em cerâmica representando N. Senhora do Rosário uma das santas louvadas pelas congadas.

 

A exposição reuniu homenagens às nossas congadas realizadas por artistas de todo Brasil e internacionais.

 

 

 

 

 

 

 

 

As crianças que participaram das cotações de história da congada realizaram os móbiles que compuseram o 2° andar da exposição onde também estavam fotos de diversos artistas retratando nossas congadas.

 

 

 

 

O cortejo das congadas de Socorro abriu a exposição, com a presença do Sr Prefeito, secretários, e demais autoridades ao lado de artistas e do público em geral.

 

Sr. Prefeito André Bozola faz pronunciamento na abertura ao lado de Marinilda Boulay e membros das congadas.

Inicialmente prevista para acontecer no Museu Municipal de Socorro entre os dias 19 de abril e o 19 de maio 2018, ela teve que ser prorrogada até o dia 22 de maio 2018, por conta de seu grande sucesso.

Vemos a congadas dos anciãos ao fundo, em posição de “Embaixada” está a congada do Bairro dos Rubins e a direita a congada do Bairro dos Moraes.

Essa exposição atingiu o número de 1367 visitantes, o maior registrado até então pelo Museu Municipal Dr. João Baptista Gomes Ferras de Socorro-SP.

 

Pùblico no dia da abertura da exposição no Museu Municipal de Socorro-SP

 

As obras resultantes do processo criativo tanto das oficinas de arte naif como das contações de história também compuseram essa exposição dentro do projeto, permitindo aos participantes das mesmas compartilhar com o público a vivência experimentada por eles.

 

A exposição foi amplamente visitada pelas escolas da cidade e região

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ao lado das obras realizadas nas oficinas estavam outras realizadas por diversos artistas de Socorro, mas também de outras cidades do Estado de São Paulo, e de outros Estados do Brasil, e mesmo internacionais, que fizeram uma homenagem às nossas congadas.

Algumas fotos resultantes do registro fotográfico do projeto assim como um video editado das suas filmagens, foram exibidos na exposição, em sessões gratuitas, como foi também gratuito o acesso à exposição.

Foi realizado o catálogo dessa exposição, com a tiragem de 1000 exemplares.

Participaram dessa Mostra  artistas de Socorro e de fora dela, inclusive a participação especial do artista internacionais como o senegalês Assane GNING, que esteve no Brasil em residência artística no contexto da BÏNaif 2017. Durante sua estadia ele pode acompanhar nossa tradicional congada de São Benedito e Divino Espirito Santo de Socorro em diversos cortejos.

Obra de Assane Gning para a exposição em homenagem às nossas congadas, retratando o Mestre e a Rainha da congada dos anciãos.